A associação entre a administração de estatinas e o risco de infecção pelo Clostridium difficile em centros médicos acadêmicos – Widoctor

A associação entre a administração de estatinas e o risco de infecção pelo Clostridium difficile em centros médicos acadêmicos

A associação entre a administração de estatinas e o risco de infecção pelo Clostridium difficile em centros médicos acadêmicos

Está surgindo na literatura relatos de casos que associam o uso de estatinas à diminuição do risco de infeção pelo Clostridium difficile. Esse estudo evidenciou que pacientes que foram tratados com algum fármaco da classe das estatinas, tiveram o risco de infecção diminuído. O uso de niacina, fibratos e inibidores seletivos da absorção de colesterol não foram associados à diminuição desse risco. Logo, acredita-se que as estatinas têm propriedades que conferem algum tipo de proteção contra o Clostridium difficile.

Statin use and the risk of Clostridium difficile in academic medical centres. Motzkus-Feagans CA, Pakyz A, Polk R, Gambassi G, Lapane KL. Source School of Medicine, Virginia Commonwealth University, Richmond, Virginia, USA.Volume 79, Issue 2, Pages 266-269

Felipe Moraes Erthal Tardin

Você deve estar logado para postar um comentário