Clínica Médica Como Especialidade – Widoctor

Clínica Médica Como Especialidade

Clínica Médica Como Especialidade

Pergunta: Yan Carvalho ( Universidade Federal do Rio de Janeiro )

Gostaria de saber a respeito da rotina, retorno financeiro, requisitos e carga horária média de um clínico geral. Dentro da medicina gosto de muitos temas e por isso nunca deixei de pensar em seguir esta “especialidade”, mas a impressão que tenho é que para este profissional as boas oportunidades são raras e o retorno financeiro é ingrato. Obrigado pela atenção.

Resposta :

Na escolha da especialidade, devemos levar em consideração basicamente 3 aspectos :

  1. Que qualidade de vida essa especialidade me permite ?
  2. Quais são as possibilidades de ser bem remunerado ?
  3. Que tipo de paciente vou atender ?

A terceira pergunta deve ser fundamental na sua escolha, já que vai lidar com esse tipo de paciente por muitos anos, sendo importante que esse contato seja confortável para você.

Numa fase inicial, a escolha precisa apenas recair em :

1.Uma especialidade cirúrgica – aí vai ter que passar primeiro na cirurgia geral.

2.Uma especialidade clínica – aí vai precisar, primeiramente, passar pela residência de clínica médica.

3.Uma especialidade de acesso direto- aí precisa conhecer bem essas possibilidades, ou seja quais são as características de : otorrino, oftalmo, ortopedia, radiologia, dermatologia,pediatria, neurocirurgia…

Desde que você já tenha afastado de suas opções as especialidades cirúrgicas e desde que não esteja interessado naquelas de acesso direto, como oftalmo, otorrino, neurocirurgia, ortopedia, pediatria, dermatologia e anestesia, talvez a melhor opção seja fazer inicialmente a residência de clinica médica e durante essa residência ter oportunidade de manter um contato maior com as diferentes especialidades clinicas , como endócrino, gastro, pneumo, cardio, neuro e hematologia e aí então fazer uma escolha mais adequada.

A clínica médica, por si só, acaba não sendo uma boa especialidade, porque hoje a maioria dos pacientes, quando tem algum sintoma, procura diretamente o especialista.

Se vc conseguir ser a referência de algum cirurgião e receber dele indicações para risco cirúrgico e acompanhamento pré e pós operatório, talvez vc possa fazer uma boa clientela de pacientes particulares e conseguir ter uma boa remuneração.

Se vc fizer também medicina intensiva e for rotina de uma UTI, poderá ser indicado como médico assistente de pacientes ali internados e aí fará uma boa clientela.

Talvez o mais interessante seria vc escolher uma especialidade clinica e depois atender pacientes dessa especialidade e continuar atendendo clinica geral.

Sucesso

Mário Novais

Mario Novais

Você deve estar logado para postar um comentário