Fisiatria ou Psiquiatria – Widoctor

Fisiatria ou Psiquiatria

Fisiatria ou Psiquiatria

Pergunta: Joana Wilms ( Universidade Federal de São Paulo – UNIFESP )

Qual o cenario atual da fisiatria? É uma especialidade que permite fazer investigação básica? O fisiatra chega a fazer dianostico na sua pratica clinica ou todo doente chega apenas para receber prescrição de reabilitacao? Estou com duvida entre fisiatria e psiquiatria. Obrigada

Resposta :

Na escolha da especialidade, um dos aspectos fundamentais é analisar como o profissional vai conviver diariamente com o tipo de paciente e com os tipos de patologias dessa especialidade.

Veja que fisiatria e psiquiatria lidam com pacientes bem diferentes. Em que situação vc vai se sentir mais confortável em lidar ? com pacientes necessitando reabilitação ou com pacientes psiquiátricos ?

Sobre a Fisiatria ou Medicina Física e Reabilitação, algumas informações podem ser uteis :

Considerando que no Brasil 10 % da população é portadora de algum grau de deficiência, o mercado deveria ser bom para a medicina física e reabilitação, mas esse mercado é disputado também pelos fisioterapeutas, neurologistas, cardiologistas, ortopedistas e terapeutas ocupacionais.

Medicina Física e Reabilitação ou Fisiatria é uma especialidade médica que se ocupa do diagnóstico e terapêutica de diferentes entidades tais como as consequentes a patologias traumáticas, a lesões do sistema nervoso central e periférico, orto-traumatológicas, cardio-respiratórias, reumatológicas, vasculares periféricas, pediátricas entre outras. A Medicina Física e de Reabilitação aplica diferentes estratégias terapêuticas que vão prevenir ou reduzir as múltiplas consequências clínicas das doenças agudas e crónicas, no âmbito das deficiências das incapacidades e das desvantagens.

Portanto o mercado de trabalho para o fisiatra é muito diversificado e o profissional precisa “focar” em alguma dessas áreas citadas acima. Muitos desses especialistas se dedicam à área ortopédica, mas nesses casos competem muito com os fisioterapeutas.

Na área de reabilitação cardiorespiratória para pacientes pós infartos, o mercado é carente de profissionais, mas exige espaços especiais como academias específicas e monitoração rigorosa.

Na área de doenças neurológicas ( seqüelas de AVE, paralisias cerebrais, síndromes genéticas…) a prática médica para o fisiatra é árdua e os resultados nem sempre são os que os pacientes e familiares esperam.

Vc também deve levar em consideração que essa especialidade é considerada uma especialidade “triste” e portanto exige uma estrutura pessoal forte do profissional.

A qualidade de vida e os ganhos financeiros do profissional vão depender de qual a área da medicina física ele vai se concentrar.

Concluindo, não acho que essa seja das melhores especialidades( lembre que serão 40 anos de exercício profissional).

A Psiquiatria é uma especialidade que depende muito pouco de convênios médicos, o que facilita uma boa remuneração . No entanto a clientela não aumenta tão rapidamente porque ainda existe muito preconceito em relação à especialidade.

Apesar de ser uma especialidade de acesso direto com a residência médica durando 3 anos, é sempre importante a formação analítica que leva mais 5 anos.

Uma das áreas interessantes para o psiquiatra, do ponto de vista mercado de trabalho , é o segmento que lida com usuários de drogas, problema nacional que está sendo muito debatido atualmente pelos órgãos governamentais.

A Psiquiatria Forense também permite boa remuneração aos especialistas.

Para driblar o preconceito, uma das estratégias de divulgação do psiquiatra pode ser a de promover palestras comunitárias com o titulo de “Saúde Global “, abordando aspectos físicos e mentais.

Um outro tema para essas palestras pode ser “ Depressão : Uma doença da modernidade “

A depressão  é uma das doenças de maior prevalência no mundo todo e agora tem sido diagnosticada com freqüência, o que facilita um aumento  da clientela para o psiquiatra.

A Psiquiatria é uma especialidade que permite boa qualidade de vida para o profissional, mas está na lista das especialidades tristes, pelo tipo de paciente que atende.

Sucesso

Mário Novais

Mario Novais

Você deve estar logado para postar um comentário