Obesidade – Widoctor

Obesidade

Obesidade

 

   A obesidade é uma doença caracterizada pelo excesso de gordura no corpo, cujo acúmulo ocorre quando a oferta de calorias é maior que o gasto. No mundo, a doença atinge 600 milhões de pessoas. A Organização Mundial de Saúde estima que, em 2015, este número alcançara a cifra de 700 milhões.

 

Obesidade

 

     A obesidade é uma doença caracterizada pelo excesso de gordura no corpo, cujo acúmulo ocorre quando a oferta de calorias é maior que o gasto. No mundo, a doença atinge 600 milhões de pessoas. A Organização Mundial de Saúde estima que, em 2015, este número alcançara a cifra de 700 milhões.

     O diagnóstico de sobrepeso e obesidade é dado pelo cálculo do Índice de Massa Corporal (IMC).

IMC = Peso (kg) / [Altura (m)]2

 

IMC

Classificação

Risco de Doença

< 18,5

Baixo peso (magreza)

Elevado

18,5 – 24,9

Normal

Normal

25 – 29,9

Sobrepeso

Pouco elevado

30 – 34,9

Obesidade grau I

Elevado

35 – 39,9

Obesidade grau II

Muito elevado

≥ 40

Obesidade grau III

Extremamente elevado

 

     A mortalidade aumenta nos pacientes obesos, sendo proporcional ao grau de obesidade. Na realidade o risco de problemas relacionados à saúde começa a se elevar a partir da faixa do sobrepeso  (considerada de médio risco). A obesidade é um importante fator de risco para diversas doenças, como HAS, DM tipo 2, dislipidemia, doença cardiovascular, dentre outras.

     Sua etiologia é complexa e multifatorial, resultando da interação de fatores genéticos, ambientais, emocionais e também de estilo de vida. Neste contexto, podemos citar a ingestão excessiva de alimentos e o sedentarismo (favorecidos pelos hábitos de vida contemporâneos). Com relação à tendência genética, estudos mostram que, quando um dos pais é obeso, 50% dos filhos também o serão; se ambos os pais são obesos, esse número pode subir para 80%!

                                       

     A primeira opção para se livrar do excesso de peso é o chamado tratamento clínico, realizado por equipe multidisciplinar. O tratamento deve sempre incluir: dieta hipocalórica, exercícios físicos regulares e terapia comportamental. Em alguns casos, podemos também lançar mão de alguns medicamentos. No Brasil, estão liberados, para tratamento da obesidade, o Orlistat e a Sibutramina. Nos casos refratários, podemos também considerar a possibilidade de tratamento cirúrgico… No próximo post iremos detalhar as principais indicações e técnicas de cirurgia bariátrica. Não deixe de conferir!

 

Igor Torturella

 

Referências:

Cirurgia Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica SBCBM

Diretrizes Brasileiras de Obesidade ABESO 2009

Igor Torturella

Você deve estar logado para postar um comentário