Nova doença endêmica

Nova doença endêmica

Nova doença endêmica

De acordo com estudos de cientistas da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e Fapesp, três a cada 100 mil habitantes são afetados pela nova doença endêmica no Brasil.  A paracoccidioidomicose é doença infecciosa causada pelo fungo P. brasiliensis. Acomete principalmente os trabalhadores rurais e sua é adquirido por via inalatória. Ao manejarem a terra no local onde exercem a profissão, acabam inalando o aerossol formado por poeira e pelo fungo patogênico.
O diagnóstico é clínico e microscópico, confirmado por cultura. O tratamento pode ser feito com azóis (p. ex., itraconazol), anfotericina B, ou sulfonamidas.
A doença se tornou endêmica no Centro-Oeste brasileiro se manifestando também em outras regiões e países sulamericanos – em especial as áreas de expansão da fronteira agrícola.
Fonte: Revista Ser Médico – CREMESP

Rafael Kader

Aluno da Faculdade Nacional de Medicina - UFRJ; Presidente da Liga Acadêmica de Anestesiologia - LANES UFRJ; Presidente da Associação Interligas Acadêmicas de Anestesiologia do Estado do Rio de Janeiro - AILADERJ.

Você deve estar logado para postar um comentário