3 dicas importantes para estudar anatomia – Widoctor

3 dicas importantes para estudar anatomia

3 dicas importantes para estudar anatomia

3 dicas importantes para estudar anatomia

Até que enfim chegou um momento muito esperado: iniciar o curso de medicina! Junto a isso vem a árdua tarefa de estudar, estudar e estudar… memorizar, memorizar e memorizar. Logo no primeiro período/ano o montante de temas assusta. Diante desse novo mundo, tentaremos ajudar com algumas dicas!

Inicia-se o curso de medicina e uma das grandes expectativas dos novos alunos são as disciplinas a serem estudadas.  A anatomia surge, então, como uma grande novidade, que por um lado representa uma carga de felicidade, já que explicita rapidamente o tão aguardado estudo do corpo humano, principalmente em suas aulas práticas e, por outro, uma grande preocupação, uma vez que lança sobre o aluno uma imensa quantidade de detalhes que devem ser memorizados.

Então, o que fazer? 

  1. VISUALIZE! 

Criar associações é um bom caminho para o nosso cérebro. Para isso, a utilização de desenhos e mapas mentais costumam dar ótimos resultados. Saber onde se localizam as estruturas é indispensável.

Dessa forma, não fique como uma máquina apenas tentando decorar nomes de cada parte e de cada detalhe desse complexo “mundo” que é o corpo humano. A memorização é só mais um passo do processo. Visualizando, você poderá relacionar o nome à estrutura.

Cada estudante se adapta a uma melhor forma de associação. Assim, caso não conheça uma fórmula já estruturada, crie a sua!

 

  1. AULAS PRÁTICAS –  ANATÔMICO

 

Valorize esse momento! Agora é a sua oportunidade de ir além dos mapas mentais e das imagens de livro. É a hora em que poderá exercitar sua memória experiencial (se essa palavra é nova para você: que se desenvolve ou pode ser ocasionado a partir da experiência; cuja essência tem teor EXPERIMENTAL), que é ainda mais efetiva nesse processo de estudo.

Essa técnica, é claro, não exclui a anterior. Pelo contrário, devem ser trabalhadas concomitantemente. Estão intimamente relacionadas.

Se tiver oportunidade, disseque! Ponha em prática!

  1. MEMORIZE!

Nessa disciplina há uma quantidade muito grande de nomes a serem aprendidos. Nesse sentido, a capacidade de memorização deve ser exercitadaÉ mesmo um treino!

Apesar de esse tópico entrar como o último nas nossas dicas, não quer dizer que ele seja o menos importante ou que, ainda, deva ser feito somente após a visualização e a prática. É interessante e mais efetivo para o aprendizado da anatomia, que ele seja feito antes, para que, na presença das imagens e das peças anatómicas, se tenha uma boa noção do que se está visualizando.

Uma boa técnica é fazer a utilização de flashcards, pois, por meio deles, pode-se repassar rapidamente o novo vocabulário adquirido.

Mas o que escrever nos flashcards?

Depende do seu objetivo. Se quer memorizar definições, escreva de um lado do cartão o nome, por exemplo, de uma estrutura e do outro sua definição. Mas se seu objetivo é memorizar a função de uma dada estrutura, escreva de um lado o nome da mesma e do outro, claro, a função. Da mesma forma, pode-se aplicar essa técnica para associar as imagens aos seus nomes e/ou às suas funções.

Autor: Celso Neto

Rafael Kader

Aluno da Faculdade Nacional de Medicina - UFRJ; Presidente da Liga Acadêmica de Anestesiologia - LANES UFRJ; Presidente da Associação Interligas Acadêmicas de Anestesiologia do Estado do Rio de Janeiro - AILADERJ.

Os comentários estão fechados.