Empreendedorismo na Medicina II – Widoctor

Empreendedorismo na Medicina II

Empreendedorismo na Medicina II

Empreendedorismo na Medicina II

O campo do empreendedorismo se estende muito mais que simplesmente abrir uma empresa, clínica ou hospital. Ela é a força geradora de novas ideias, inovações, superar obstáculos e desafios. Também a sensibilidade em captar e entender as necessidades e a resiliência na execução.

Os médicos já estão treinados para identificar padrões, captar as informações através da anamnese e história clínica, levantar diagnósticos possível, buscar mecanismos para confirmá-la e pensar no melhor tratamento para o paciente. Além disso, os médicos foram treinados para trabalhar sob grande pressão e com incerteza, mas sempre persistindo para oferecer o melhor para o paciente.

Por fim, os médicos também conseguem entender e absorver uma informação rapidamente, transpondo-a em uma situação clínica e pensar como ela pode impactar o paciente.

Estas características de pesquisa e investigação clínica, capacidade de trabalhar sob pressão e a facilidade para adquirir novos conhecimentos, proporcionam ao médico uma ótima característica para se tornar um empreendedor.

Você não precisa necessariamente desistir da sua vida clínica e do atendimento para aprender e se tornar um empreendedor. Pode-se, por exemplo, aplicando o conhecimento altamente especializado e na identificação do problema em uma área, transformá-la em uma startup. Também podemos usar o conhecimento de empreendedorismo e negócios para tornar o processo de atendimento mais humanizado, transparente e eficiente, reduzindo o stress e a desinformação tanto para o paciente quando para o médico. Por fim, podemos usar o empreendedorismo para projetos sociais, para torná-lo sustentável e escalonável, impactando mais pessoas.

Infelizmente muitas pessoas pensam que a associação entre “negócios” e “medicina” é algo prejudicial para a saúde. De fato, nos deparamos no Brasil com situações como corrupção, nepotismo e estelionato que torna o termo “negócios” visto de olhos tortos por muitas pessoas. Mas ao mesmo tempo, a compreensão do processo de operação, sistemas, tecnologia e finanças é de valor fundamental tanto para a esfera pública quando privada. Podemos extrair informações valiosas para o médico, paciente, funcionários e associados do sistemas de saúde e tornar a qualidade de vida melhor para todos.

Fonte:

SaúdeBusiness

Guilherme França

Os comentários estão fechados.