Mastologia ou Ortopedia – Widoctor

Mastologia ou Ortopedia

Mastologia ou Ortopedia

Pergunta : Lucas (Universidade Federal da Bahia)
Olá , gostaria de saber sobre as especialidades de Mastologia e ortopedia, com relação ao futuro , inserção no mercado de trabalho , remuneração e como é o início de cada uma delas . Obs : mastologia , após a ginecologia e obstetrícia. Atendendo ginecologia geral e realizando também a mastologia clínica e cirurgica. Queria que frizasse principalmente o mercado de trabalho e a remuneração de cada uma. Com qual delas é possível criar uma carreira mais estável e confortável.

Resposta :

Você está se referindo a duas especialidades bem diferentes, com pacientes e patologias bem distintas. Nessa fase de escolha da especialidade é fundamental que vc analise como será o seu dia a dia no futuro, dependendo da sua escolha. Talvez o teste vocacional de nosso site possa te apontar as especialidades que mais combinam com suas características pessoais.

De qualquer modo, algumas informações sobre essas duas especialidades podem ser uteis na sua escolha :

A residência médica em mastologia tem a duração de 2 anos , tendo como pré requisito 2 anos de residência em gineco-obstetrícia ou em cirurgia geral.

A residência em ortopedia é de acesse direto, não exigindo nenhum pré requisito e portanto encurtando a carreira, quando se compara com a carreira de mastologia.

A Mastologia é uma especialidade em franco crescimento pela importância que se tem dado ultimamente à prevenção do câncer de mama e da relevância da mamografia como exame obrigatório após os 40 anos de idade.
Filiados à Sociedade Brasileira de Mastologia, existem cerca de 2.000 profissionais entre clínicos, cirurgiões, psicólogos, radioterapeutas e qualquer outro especialista que se envolva com patologias mamárias.
Existem dois tipos de mastologistas: o mastologista clinico , que geralmente tem origem na ginecologia ou na endocrinologia e o mastologista cirurgião, de origem na cirurgia geral, plástica ou mesmo na ginecologia.
Apesar da especialidade ser classificada como especialidade relativamente triste, a qualidade de vida do mastologista é boa, o mercado de trabalho é bom, em expansão e permite bons ganhos financeiros ( principalmente para os cirurgiões ), desde que seja dada mais importância à medicina privada.

A Ortopedia é uma das melhores especialidades do  momento: população envelhecendo ( o que aumenta o número de possíveis clientes ), população preocupada em aumentar atividades físicas ( boom das academias de ginástica com consequente maior frequência de lesões de esforço repetitivo ), grande frequência de pequenos procedimentos a nível ambulatorial assim como cirurgias pequenas, médias e grandes ( o que agrega valor ao preço da consulta ), indústria de órteses e próteses forte facilitando o trabalho do ortopedista e impulsionando a especialidade além de aumentar os ganhos financeiros, possibilidade de expandir os serviços com utilização da Medicina Desportiva ( Copa do Mundo e Olimpíada estimularam isso ) e da fisioterapia ( Pilates e RPG estão em franco crescimento ), incremento no País das atividades industriais e comerciais que levam a maiores vícios de postura ( as chamadas dores de coluna, que vão acabar no consultório do ortopedista ). Tudo isso faz com que a especialidade seja uma das mais bem remuneradas, perdendo um pouco apenas na qualidade de vida, o que pode ser minimizado se o médico conseguir se organizar bem e administrar adequadamente o tempo.

Sucesso

Mário Novais

 

 

widoctor

Os comentários estão fechados.