Endocrino, Cardio, Nefro ou Pneumologia – Widoctor

Endocrino, Cardio, Nefro ou Pneumologia

Endocrino, Cardio, Nefro ou Pneumologia

Pergunta : Caroline ( Hospital São Lucas – RS )
Olá! Tenho 23 anos e estou no primeiro ano de residência em Clínica Médica. Sempre tive interesse nas áreas de endocrinologia, nefrologia e cardiologia. Porém, durante a residência passei a me interessar também pela área de pneumologia. Gostaria de saber qual a sua opinião sobre o mercado de trabalho nessa área, principalmente em comparação às demais especialidades clínicas citadas. Obrigada!

Resposta :

Uma vez que vc já se decidiu por uma área clínica, o ideal em termos de escolha da subespecialidade é que vc deixe para pensar nisso quando estiver terminando a sua residência de clínica médica. Até lá vc vai ter mais oportunidades de lidar com os diferentes tipos de pacientes e tipos de patologias e poderá fazer uma escolha mais racional.

Mais algumas informações sobre essas especialidades poderão ser úteis :

A endocrinologia é uma excelente especialidade, principalmente pelo aumento absurdo dos níveis de obesidade em todo o mundo e pela importância que se tem dado ao culto ao corpo. Além disso, são muito frequentes  as doenças da tireóide e os distúrbios hormonais ( menopausa e andropausa )em uma população que está nitidamente envelhecendo.
A endócrino também é uma boa especialidade porque além de permitir uma boa qualidade de vida e possibilitar uma boa remuneração, apesar de não permitir procedimentos e cirurgias que agreguem valor à consulta, é uma especialidade de boca-a-boca rápido na clientela e uma das poucas que permite ao profissional ser independente de convênios já que a clientela cresce rapidamente, principalmente em função da preocupação atual e futura com a obesidade e do aumento da expectativa de vida da população com consequente maior aparecimento de distúrbios da tireóide, do diabetes e alterações hormonais (menopausa e andropausa )
Cobrando, inicialmente, R$ 300,00 a consulta e realizando apenas 5 consultas por dia , o endocrinologista  pode ter no final do mês honorários acima de R$ 30.000,00.

Cardiologia :
Embora existam procedimentos diagnósticos que possam melhorar o rendimento do cardiologista, os planos de saúde não permitem que esse profissional realize esses exames no próprio consultório (apenas permitem o ECG, pagando cerca de R$15,00), assim é interessante para o cardiologista aprender a realizar esses exames ( tipo ecografia ), mas terá que fazê-los em alguma outra clínica especializada nesses tipos de procedimentos diagnósticos.
Uma área interessante de trabalho para o Cardiologista é a terapia intensiva (é necessário se especializar nisso após a residência de cárdio), onde um plantonista ganha de 8.000,00 a 10.000,00 por mês trabalhando um plantão de 24 h semanal-estes valores variam conforme o Estado.
Posteriormente, o plantonista de UTI pode passar a exercer a chefia do serviço, com um salário entre 12.000,00 e 20.000,00.
Embora a clientela particular de consultório demore a aumentar, se o cardiologista atender apenas 4 pacientes particulares por dia, cobrando 300,00 a consulta e trabalhando no consultório apenas 4 dias da semana, somente de pacientes particulares ele vai gerar um faturamento mensal de R$ 19.200,00, fora os ecg que fizer.

Nefrologia :
A nefrologia tem seu campo de atuação diminuído pelo fato da população não saber exatamente o papel do nefrologista ( na maioria das vezes, o paciente prefere procurar um urologista do que um nefrologista, quando tem um cálculo renal, por exemplo).
Assim, o nefrologista tem seu mercado de trabalho mais restrito aos serviços de diálise e talvez no futuro ao acompanhamento clinico de transplantes (área ainda pouco desenvolvida no Brasil).

A Pneumologia pode ser considerada uma boa especialidade, embora ainda haja um pouco de falta de conhecimento da população que imagina que pneumologistas atendam apenas casos de tuberculose.

Alguns fatores permitem um aumento da clientela do pneumologista, como: a grande utilização de tabaco, pneumonias secundárias em pacientes soropositivos, a maior importância à prevenção e ao diagnóstico precoce do CA pulmonar, o envelhecimento da população com consequente maior número de pacientes com enfisema e DPOC e ainda a poluição de grandes centros gerando mais casos de bronquites.

A qualidade de vida desse especialista é boa na maioria das vezes, embora existam algumas situações de emergência para esse profissional.

Na Pneumo existem ainda vários procedimentos que agregam valor ao preço das consultas, como provas de função respiratória, biópsias pulmonares e principalmente as endoscopias.

O profissional dessa área pode ainda se envolver no condicionamento cardiopulmonar de atletas ou no diagnóstico e tratamento de pacientes portadores de alergias respiratória.

Conclusão : Gostar de mais de um especialidade é absolutamente normal, porém precisa escolher apenas uma e quanto maior for o seu conhecimento sobre como será seu dia  a dia na especialidade, maior será a sua chance de estar feliz com a escolha.

Considerando qualidade de vida, mercado de trabalho e remuneração, das especialidades apontadas por vc, a mais interessante seria a endocrinologia, mas vc precisa analisar em que situação futura vc se sentiria mais confortável com os tipos de patologias com as quais vai lidar.

Sucesso

Mário Novais

 

widoctor

Os comentários estão fechados.