Potencial biomarcador para ideação suicida identificado em pacientes com transtorno de estresse pós-traumático – Widoctor

Potencial biomarcador para ideação suicida identificado em pacientes com transtorno de estresse pós-traumático

Potencial biomarcador para ideação suicida identificado em pacientes com transtorno de estresse pós-traumático

Potencial biomarcador para ideação suicida identificado em pacientes com transtorno de estresse pós-traumático

transtorno de estresse pós-traumático (TEPT) é um importante fator de risco para ideação suicida, tentativas e morte por suicídio. A compreensão da biologia subjacente à tendência suicida no TEPT é limitada. Evidências recentes implicam desregulação do receptor glutamatérgico metabotrópico 5 (mGluR5) na fisiopatologia do TEPT e na probabilidade de suicídio.

Neste estudo, publicado pelo periódico PNAS, pesquisadores da Yale University School of Medicine usaram a tomografia por emissão de pósitrons e o radiofármaco [18F]-FDG (fluorodesoxiglucose) para avaliar o receptor metabotrópico de glutamato tipo 5 (mGluR5) como um alvo potencial de tratamento e um biomarcador de ideação suicida (IS) em indivíduos com TEPT e transtorno depressivo maior (TDM).

Quantificou-se a disponibilidade de mGluR5 in vivo em indivíduos com TEPT (n = 29) e TDM (n = 29) em função da ideação suicida (IS) para comparar com controles saudáveis (CS; n = 29). O volume de distribuição foi calculado usando uma função de entrada venosa nas cinco principais regiões cerebrais frontal e límbica.

Observou-se uma disponibilidade significativamente maior de mGluR5 no TEPT em comparação com indivíduos saudáveis em todas as regiões de interesse (P = 0,001 a 0,01) e comparado a indivíduos com TDM em três regiões (P = 0,007). A disponibilidade de mGluR5 não foi significativamente diferente entre os indivíduos com TDM e CS (P = 0,17). É importante ressaltar que foi observada uma regulação para cima na disponibilidade de mGluR5 no grupo TEPT-IS (P’s = 0,001-0,007) em comparação com indivíduos com TEPT sem IS.

Os resultados apontam para o papel potencial do mGluR5 como um biomarcador para intervenção e, potencialmente, para o gerenciamento do risco de suicídio no TEPT.

Original: https://www.news.med.br/p/medical-journal/1338453/pnas+potencial+biomarcador+para+ideacao+suicida+identificado+em+pacientes+com+transtorno+de+estresse+pos+traumatico.htm

Caio Melo

Os comentários estão fechados.